Página Inicial
Cadastre-se

Receba nossas novidades em seu e-mail:

O que você Procura?

Propriedades químicas do vidro

13/05/2012

 Propriedades químicas do vidro

 

O vidro é um material sólido, homogêneo e inorgânico, que se obtém por arrefecimento rápido de uma massa em fusão. O rápido arrefecimento impede a correta cristalização do material, fazendo com que o material final se mantenha num estado transitório entre o cristalino e o totalmente amorfo. No grupo dos materiais vítreos (designados por muitos autores como materiais sólidos não cristalinos) incluem-se todos os sólidos que apresentem estas características, podendo surgir materiais que diferem uns dos outros por apenas apresentarem diferentes composições químicas. A indústria vidreira dedica-se, especialmente, a dois tipos de vidros: em maioria encontram-se os vidros de silicatos (SLSG) e, em menor escala, os denominados vidros de boro-silicatos (BSG).
O vidro de silicatos é essencialmente constituído por sílica (SiO2), seguido de óxido de cálcio e de óxido de sódio (CaO e Na2O). Em pequenas quantidades, também se encontra magnesia e alumina (MgO e Al2O3, respectivamente). Os vidros de boro-silicatos diferem dos anteriores por se alterarem os compostos secundários, que passam a ser maior itariamente constituídos por óxido de boro (B2O3), encontrando-se ainda óxido de potássio e óxido de sódio (K2O e Na2O, respectivamente). Fisicamente, estes novos compostos secundários oferecem maior resistência a variações de temperatura, tal como uma maior resistência a água e a ácidos, o que faz com que os vidros de boro-silicatos sejam utilizados, essencialmente, em trabalhos de laboratórios de química.
COMPOSIÇÃO

 

 

Obs: A composição acima descreve o vidro sendo produzido sem a mistura de cacos (pedaços de vidro) porem hoje é natural que a Industria de vidro misture até 60% de cacos a sua massa.
Isso também é um diferencial enorme, pois deixa o vidro na primeira posição dos produtos 100% recicláveis.

Os vidros silico -sodo-cálcico  utilizados na construção são compostos de:
• Um vitríficante, a sílica, introduzida sob a forma de areia (70 a 72%),
• Um fundante, a soda, sob a forma de carbonato e sulfato (cerca de 10%),
• Vários outros óxidos, tais como o alumínio e o magnésio, melhoram as propriedades físicas do vidro, especificamente a resistência á ação dos agentes atmosféricos,
• Para determinados tipos de vidros, a incorporação de diversos óxidos metálicos permitem a coloração na massa


FABRICO

1-Composição do vidro

Á mistura vitrificável e adicionado o vidro partido (cacos) para diminuir a temperatura de fusão.
O transporte, a pesagem, a mistura e o enfornamento são feitos automaticamente. Essa mistura é umidecida para evitar a segregação de grãos de matérias-primas diferentes e a libertação de poeiras.

Mix:

 


2-Forno de fusão


 

A elaboração do vidro compreende três fases essenciais:
• A fusão, durante a qual as matérias primas são fundidas a temperaturas próximas dos 1.550°C.
• A afinação, durante a qual o vidro fundido é tornado homogêneo e liberto de bolhas gasosas.
• O acondicionamento térmico, onde o vidro pouco viscoso é arrefecido ate que sua viscosidade corresponda as exigências do processo de transformação

 
 


Repare como o forno e grande e isso é só uma parte dele.

3- Banho de estanho
O vidro liquido é vertido sobre o estanho fundido a cerca de 1.000°C. O vidro que é menos denso que o estanho “flutua” sobre este e forma uma chapa com uma espessura natural de 6 a 7 mm. As faces do vidro são polidas, por um lado pela superfície do estanho, por outro pelo fogo. Dispositivos permitem acelerar ou diminuir o estender do vidro para definir a espessura.

4- Forno de recozimento
Á saída do banho de estanho, a chapa de vidro agora rígida, passa pela estenderia que é um túnel de arrefecimento. A temperatura do vidro é reduzida gradualmente lento de 620 a 250°C. O arrefecimento lento passa a ser depois ao ar livre. Este processo permite liberar o vidro de todas as tensões internas que provocariam a sua quebra no momento do corte.

5- Corte
A chapa de vidro frio ate aqui continua, é cortada automaticamente em placas de até 6.000 x 3.210 mm.

 
 

Faça seu Comentário
Voltar

© 2019 Setor Vidreiro - Todos os direitos reservados