Página Inicial
Cadastre-se

Receba nossas novidades em seu e-mail:

O que você Procura?

Um resumo sobre vidro temperado

16/05/2012 Capitulo 1º Apostila medição

Um resumo sobre vidro temperado

 Um resumo sobre vidro temperado


O VIDRO TEMPERADO  

É obtido pela passagem de um vidro comum’’float’’ por um forno de têmpera.
O tratamento térmico de têmpera é um processo de aquecimento gradativo até se atingir a temperatura de 630ºC a 700ºC seguida de brusco resfriamento.
Ou seja, o vidro que era comum recebe um choque térmico provocando tensões internas. Conferindo-lhe resistência mecânica até 4 vezes  mais que a de um vidro comum da mesma espessura .
Resistente a impactos e variações de temperatura.
O vidro temperado é o único vidro auto portante, isto é pode fechar vãos fixados apenas com ferragens (latão, alumínio, aço inox, polímero metalizado e outros materiais) em sua borda fixada por aperto (fixação mecânica) em recortes ou furos que venham ser feitos antes do processo de têmpera.
Deixando claro que o vidro não pode estar nunca em contato direto com estes materiais com exceção do polímero.
Entre o vidro e materiais duros têm que haver uma proteção como cortiças, borrachas, mantas de silicone e outras.
Antigamente tinha-se o costume de se calçar os vidros com madeira, mas depois de um certo tempo sabemos que as madeiras tendem a apodrecerem devido a infiltração de água nos perfis e também devido a  ação do tempo. 
Todos os processos de beneficiamento dizem (corte, lapidação, furação, recortes e serigrafia a quente) tem que ser feito antes da têmpera do vidro.
Existem 2 tipos de fornos  para têmpera:
Vertical: versão mais antiga porém muito utilizada, onde o vidro entra ‘’pendurado’’ por pinças deixando marcas em uma das bordas, as famosas marcas de pinças.
Por várias vezes fui questionado se o vidro era mesmo temperado por não ter as marquinhas.
Sim era temperado, mas com um tipo mais moderno de forno

 O Horizontal: Que além da modernidade ganha também em agilidade, tamanho das chapas e têmpera espessuras mais finas já que o vertical em sua maioria tempera vidros de  6mm até 12mm.

O vidro temperado é considerado de segurança por que em caso de quebra se fragmenta em pequenos pedaços menos cortantes minimizando risco de cortes profundos.
Está disponível no mercado nas espessuras 3 mm,4mm,5mm,6mm,8mm,10mm e 12mm.
O vidro temperado pode ser agregado a outros vidros e processos, mesmo depois de ser temperado transformando em outro tipo de vidro.
Exemplo: o vidro laminado de temperado são 2 ou mais laminas de vidro temperado    unidas (coladas) por uma película plástica ou acrílica.
Vidros insulados ou duplos que é formado por sanduíches de vidro com uma camada interna de ar ou gás.
Depois de temperado o vidro pode ser acidado, espelhado, colorido a frio, adesivo, laminado, insulado e apesar de objeções por parte de alguns produtores pode ser jateado (não jato cavado).

Podem ser temperados:
Vidro Float (liso ou comum)
Vidros curvos.
Vidros anti – reflexo
Vidros anti-riscos
Vidros Autolimpante
Vidros coloridos (massa do vidro colorida)
Cubas de vidro.
Fusing
Vidros impressos.
Vidros impressos espelhados.

 

Faça seu Comentário
Voltar

© 2019 Setor Vidreiro - Todos os direitos reservados