Página Inicial
Cadastre-se

Receba nossas novidades em seu e-mail:

O que você Procura?

POR QUE OS ESPELHOS MANCHAM?

08/09/2017 Vidros Práticos em 5 Minutos

POR QUE OS ESPELHOS MANCHAM?

 



O principal elemento para transformar um vidro transparente em espelho é a prata. O contato da prata com o oxigênio provoca a oxidação, deixando o material com manchas escuras.

Por isso passamos kaol em nossas correntes de prata.

Assista este vídeo:

 

Esse é o grande vilão da história: ‘’prata exposta, oxidação na certa!’’

UMA ÓTIMA instalação COMEÇA COM UMA ÓTIMA COMPRA!

Por isso que a Guardian protege a prata do espelho com várias camadas de tintas especiais e resistentes, o que evita o processo de oxidação.

Assista a esse vídeo:

A Guardian foi a primeira fabricante de espelho no Brasil a produzir uma linha de espelhos livre de metais pesados, ou seja, que não causa prejuízos à saúde e ao meio ambiente. Isso porque os espelhos são fabricados a partir do processo cooper free, desde 1999.

A produção do Espelho Guardian cooper free inovou quando retirou da produção:
• O zinco,
• O cobre
• As pinturas com altos teores de chumbo, muito comum na produção de espelhos.


Esses e outros esforços permitem que a Guardian produza espelhos com perfeita reflexão e com 10 anos de garantia.

Não é à toa que o espelho Guardian é sinônimo de qualidade e, desde 2003, vem conquistando o selo Top of Mind do setor.

Essa grande aceitação do espelho Guardian pelo mercado brasileiro gerou também uma grande quantidade de cópias caracterizadas pela pintura do espelho com um tom de azul idêntico ao da Guardian.

Para evitar que os consumidores comprassem gato por lebre, a Guardian lançou o selo holográfico de legitimidade, que é aplicado no verso do espelho.

Todos os beneficiadores autorizados recebem esse selo e aplicam no espelho após o beneficiamento.

E todos os espelhos originais Guardian vêm com este selo colados neles, ou seja, você precisa exigir do seu beneficiador o espelho guardian com esse selo. Isso gera valor e é um ótimo argumento de vendas para você expor para seus clientes.

Mas ai você pode me questionar, Gabriel então espelhos da Guardian não mancham?

Pode manchar se não for manipulado corretamente!
Só que a manipulação não começa na instalação...

Conheça algumas das principais causas de manchas no espelho!

 

BENEFICIAMENTO EM SUA VIDRAÇARIA:
A mesa de corte deve ser plana, limpa e macia, porém não devem ser utilizados revestimentos que retenham cacos e lascas ou aparas de vidro.
Toda a superfície de vidro deverá sempre estar isenta de fragmentos que possam danificar quaisquer das faces do espelho.

Recomenda-se que sejam utilizadas mesas de corte dotadas com o modo “colchão de ar”, para que o manuseio do espelho seja facilitado.

Não utilizar óleo diesel ou querosene para umedecer o corte, pois tratam-se de excelentes solventes. Utilizar apenas fluído de corte específico para o corte de espelhos.

‘’Prata exposta, oxidação na certa!’’

FILETAGEM
A rotação da lixadeira deve ser sempre no sentido de pressionar as camadas de tinta, nunca no sentido do arrancamento.

Lixas: quanto mais alto for o número da lixa, mais ela será fina
• O ângulo final do filete deve ser próximo de 45º para evitar que se forme uma camada de tinta muito fina próximo à borda.
• Fazer pausas durante o processo de filetagem para prevenir o superaquecimento localizado na borda.
• Temperaturas superiores a 150º C danificam permanentemente o espelho.
• Lavar com água limpa e secar as peças logo após a filetagem.

Mas ai, você pode falar, Gabriel eu não beneficio, compro pronto. 
Eu respondo ok, então em seu fornecedor de espelho...

LAPIDAÇÃO E BISELAMENTO 
• Os rebolos, tanto da lapidadora como da biseladora, devem estar em bom estado de conservação para realização da operação. Os equipamentos também deverão estar bem regulados e com o sistema de refrigeração em pleno funcionamento.

• O sentido da rotação dos rebolos deve ser sempre no sentido de pressionar as camadas de tinta, nunca no sentido do arrancamento.

• Utilizar óleo de refrigeração e material de polimento adequados, com pH entre 7 e 10.

• A água de refrigeração deve ser trocada periodicamente, de maneira a assegurar um pH entre 7 e 10.
O pH de 7 significa neutralidade.
pH menor que 7 significa acidez e quanto menor o número do pH, mais ácida é a agua.

• Levar e secar as peças após a operação, dando ênfase à secagem das bordas.

 

Esse é um dos grandes motivos da borda do espelho ser a área mais afetada e provenientes a manchas justamente por estar mais exposta a produtos químicos e à umidade.
O motivo é porque quando o espelho é cortado a proteção original das tintas aplicadas ao espelho é quebrada, principalmente, quando esse espelho é lapidado. Por mais liso que pareça estar a borda do espelho após a lapidação, ainda sim, existem micro fissuras que permitem a absorção da umidade do ambiente.

• Não aceite espelhos Guardian que contenham riscos na face da tinta. No futuro este risco poderá se transformar num defeito na face espelhada.

Amanhã você pergunta para o seu fornecedor de espelho: e aí qual é o PH dessa água da lapidadora?

TRANSPORTE
Uma dica: Eu vejo muitos vidraceiros transportando espelho com o lado refletivo para fora, ou seja, esse espelho pode causar um acidente no transito devido a reflexão causado principalmente pela luz solar!

Outros vidraceiros transportam o com a face refletiva para dentro do cavalete para evitar a reflexão causada pelo sol.

Porém, nos dois casos você está comprometendo a integridade do seu espelho, pois os detritos gerados pelo trânsito de automóveis podem riscar o espelho.

Se o arranhão for na face, os danos serão percebidos na instalação ou na limpeza, no entanto, se o arranhão for atrás (lado pintado) a proteção da prata pode ser danificada e o espelho pode vir a manchar em pouco tempo.

Lembre-se sempre: ‘'Prata exposta, oxidação na certa!’’

Ou seja, o ideal é transportar os espelhos lonados, pois assim você evitará o reflexo no trânsito, riscos, quebras causadas por detritos ou pela ação do vento e até mesmo se, por algum motivo, esse espelho vier a quebrar ele não corre o risco de cair nas vias públicas.

Além da lona existem também os cuidados com o cavalete de transporte, sistema de amarração e armazenamento na vidraçaria e principalmente na obra.

 

Gostou dessa matéria?

Deixe o seu comentário aqui embaixo:

Faça seu Comentário
Voltar

© 2019 Setor Vidreiro - Todos os direitos reservados